Felipe Araújo explica por que homenageia Cristiano Araújo em shows: ‘Referência’

Felipe Araújo explica por que homenageia Cristiano Araújo em shows: ‘Referência’

Irmão de Cristiano Araújo, vítima de um acidente de carro em 2015, Felipe Araújo segue homenageando o sertanejo como forma de manter vivo o legado do músico. ‘Eu prometi a mim mesmo que nunca deixarei que as pessoas esqueçam quem ele foi e a referência que ele é pra mim. Só de subir no palco e cantar, dar orgulho para meus pais, já é uma homenagem pra ele’, falou o artista

Felipe Araújo vem se tornando um grande fenômeno da música sertaneja. Com quatro anos de carreira solo desde 2015, quando Cristiano Araújo morreu em um trágico acidente de carro, o cantor tem três DVDs gravados, o mais recente em Brasília, onde recebeu os sobrinhos, Bernardo e João Gabriel, no palco, já emplacou vários hits. Em suas apresentações, Felipe segue homenageando Cristiano como forma de manter vivo o legado do irmão. “Sempre faço homenagens ao Cristiano nos meus shows porque eu prometi a mim mesmo que nunca deixarei que as pessoas esqueçam quem ele foi e a referência que ele é pra mim. Só de subir no palco e cantar, dar orgulho para meus pais, já é uma homenagem pra ele. A referência dele corre nos meus sonhos todos os dias”, disse ao Blog do Leo Dias.

Sertanejo conta como encara comparações com irmão

Felipe contou como é marcar o seu nome na música. “As pessoas costumam dizer que sou um fenômeno, mas já tenho oito anos de carreira. Porém o meu trabalho solo, depois de eu ter cantado com duas duplas, começou mesmo, somente em 2015. Pouco tempo depois já gravei um DVD com várias participações incríveis, já tive músicas que tocaram demais. Acho que por conta da velocidade que as coisas estão acontecendo na minha vida, as pessoas têm me chamado de ‘fenômeno’. Mas eu não encaro desta forma, acredito que ainda falta muito e eu tento me dedicar todos os dias, fazer meu melhor todos os dias. Tenho muita vontade de realizar alguns sonhos que ainda não realizei. Mas tenho certeza que está tudo certo, tudo sendo muito bem construído. Pouco a pouco. Estou construindo meu castelo tijolinho por tijolinho”, afirmou ele, que completou 27 anos em julho.

‘Tenho certeza que está orgulhoso’, diz cantor sobre Cristiano

Felipe garantiu também que Cristiano será sempre uma referência. “Com certeza. Eu cresci ouvindo o Cristiano cantar, nasci e ele já cantava. Cresci ouvindo as músicas dele, acompanhando ele nos bares em Goiânia. Ele sempre foi meu principal incentivador, meu melhor amigo. Tenho certeza que ele está bastante orgulhoso de tudo que está acontecendo na minha carreira. Ele vai ser pra sempre minha principal referência e meu maior motivo de orgulho”, declarou o artista, que fez sua estreia em Barretos 2019, Festa de Peão na qual fez discurso lembrando o irmão: “Foi incrível e uma experiência que eu queria e precisava viver. E meus sonhos profissionais vão todos neste sentido, em me apresentar em grandes palcos, seja no Brasil ou fora”.

Músico revela sonhos profissionais e pessoais

Felipe adiantou ainda que almeja carreira no exterior: “Seria um sonho também poder levar a minha música pra fora do Brasil. Mas se eu for escolher um palco que ainda quero me apresentar é o Maracaná. Já pensou eu cantando lá, com uma multidão? Isso sim seria um sonho. E sobre sonhos pessoais, acredito que eles vão muito neste sentido também, de realização. Eu não tenho no momento planos de ter mais filhos ou casar. Estou solteiro, né? Quem sabe quando encontrar a mulher certa, mas quero realizar grandes coisas na minha vida, só tenho 24 anos e tenho certeza que isso será possível”.

Fonte: Terra

Deixe seu comentário