Com Gusttavo Lima no comando, ‘Buteco’ reúne 15 mil pessoas no Expotrade

Com Gusttavo Lima no comando, ‘Buteco’ reúne 15 mil pessoas no Expotrade

O projeto por si só já era garantia de sucesso, com a ideia de misturar o som de Gusttavo Lima, campeão de faturamento entre os sertanejos, com o de outro nome forte do segmento, Felipe Araújo, e ainda, de quebra, trazer a mistura do DJ Alok. Estamos falando do Buteco, que passou a ser chamado de festival e que chegou ao Paraná no sábado (30), levando 15 mil pessoas ao Expotrade, em Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba (RMC).
À Tribuna do Paraná, Felipe Araújo, que teve um 2019 cheio de boas conquistas, com música premiada e comemorando também o lançamento da primeira parte de um novo projeto, comentou que Gusttavo Lima sempre foi um grande parceiro de sua carreira. “E um grande amigo também. Nesse ano firmamos essa parceria de unificar as agendas e tem dado muito certo. Para 2020 são muitos Butecos que foram confirmados, estou muito feliz porque é um cara que me apoia demais”. Veja a entrevista completa com o dono do hit Atrasadinha.
Gusttavo Lima, o dono dessa festa que tem rodado o país, avaliou o Buteco como o maior projeto do Brasil atualmente. “Constatamos isso pelos números, pelo que a gente vem fazendo. Batemos recordes por onde passamos: só em Minas Gerais, por exemplo, foram mais de 60 mil pessoas no Mineirão. Mas em pelo menos em outras dez capitais tivemos o mesmo sucesso. O ‘Buteco’ virou uma crescente”.
O cantor, que já tem 20 anos de carreira, disse ter encontrado neste projeto algo que ele buscava há muito tempo. “Acho que o grande segredo disso tudo na verdade não é segredo nenhum: é a naturalidade. As pessoas enxergaram no festival uma nova experiência e no mundo dos shows nós temos que oferecer exatamente isso, causar novas experiências nas pessoas”, avaliou Gusttavo Lima, que durante seu show deixa que a galera ‘mande’ no repertório que vai cantar. Veja a entrevista completa com o ‘Embaixador’.
Fiel à essência
Embora o Buteco seja um projeto que pode se moldar de acordo com o artista que Gusttavo Lima convide para tocar na mesma noite, o que percebemos é que o cantor se mantem firme e forte em sua essência, o sertanejo. Ele disse que até procurou inovar, mas de um jeito que não fugisse do que gosta de fazer. “Em 2018 dei uma leve mudada no ritmo, porque eu acho que o sertanejo de hoje não tem nada de sertanejo mais, o que nós costumamos dizer é que o sertanejo mesmo era sertanejo em 90, 2000. Hoje em dia ficou muito mais pop”, comentou.

Gusttavo disse que uma de suas maiores ousadias que deu certo foi trazer um estilo de outro país e juntar com o gênero brasileiro. “Em 2017 eu vi que estava começando a ficar meio saturado o estilo [sertanejo], pois eram sempre as mesmas batidas, os mesmos arranjos, as mesmas sanfonas. Então eu trouxe um estilo da República Dominicana, a bachata, e misturamos com música sertaneja, guitarra, que deu uma nova cara ao Gusttavo Lima”, explicou o cantor, destacando que isso lhe deu ainda mais força. “Consegui achar um novo gancho para trazer músicas novas, novidades mesmo, ao pessoal. Tem dado super certo e só tenho a agradecer por todo apoio que venho recebendo. Esse lance da bachata foi essencial para o meu crescimento e para a fórmula que encontrei do meu som. Criamos um novo estilo que pode perdurar por muitos e muitos anos e pode dar vida longa ao sertanejo”.

Tem retorno em 2020!
O sucesso provocado pelo Buteco já fez com que o artista confirmasse pelo menos 24 novas datas para todo o ano que vem. Entre estas novas datas, Gusttavo adianta que já tem uma nova apresentação em Curitiba, daqui a um ano. “Vai ter repeteco do Buteco por aqui no dia 28 de novembro de 2020, me aguardem bebês”.
Fonte: R! Tribuna

Deixe seu comentário